22/10/2009

O sonho do verbo Amar



É um reino encantado
Feito de sonhos e promessas
É de um amar cantado
De magias sem pressas.


Real mas longinquo
Aonde o vento sopra
E acorda-nos devagarinho
Sem regresso destinado
Nem procuro encontrar o caminho

Hoje acordei contigo
No sonho do meu amar
Não existiam ondas por perto
Para meu castelo derrubar.

E ...deixa-me contigo sonhar...
Sem querer acordar
 Se eu então souber
 Que puderás tornar real
Este sonho de encantar
Neste frágil, castelo de areia
 Construido á beira mar...

...A pensar apenas no nosso Amar.




4 comentários:

ursiηhα disse...

Eu bem que gostaria de viver em um reino encantado, ai fiz a munha floresta magica.
Bjs de mel
ursinha

Whispers disse...

Querida Moonlight!
Um verdadeiro castelo, construido para uma verdadeira rainha.
Nao deixes que o mar o leve, o segura nas tuas maos.
Mil beijos
Rachel

Nilson Barcelli disse...

Belíssimo poema, gostei. É muito romântico...
Beijos.

Vento disse...

Aqui estou a sobrevoar este reino encantado, fascinado com o que encontrei.

Beijo